O Gajo

Chamo-me Pedro, sou cristão católico, pai de quatro putos e marido eternamente apaixonado, defino-me sexualmente como gajo e ando, de facto, de T-shirt e Gorro.

Escrevo sobre coisas… menos do que desejava mas mais do que me apetece. Na maioria das vezes sobre o mundo que me rodeia, o que significa haver páginas sobre Deus, muita linha sobre marketing, algumas virgulas políticas, poucos parágrafos sobre estilos de vida e nada sobre desporto.